Últimas notícias da Maçonaria Internacional

domingo, 12 de abril de 2009

A FAMÍLIA MAÇÔNICA DE SORRISO, PELA ARLS ACÁCIA DE SORRISO N. 2442, REALIZOU CERIMÔNIA DE ADOÇÃO DE LOWTONS

A Adoção de Lowtons significa que a ARLS Acácia de Sorriso n. 2442 ao Oriente de Sorriso-MT, como filhos adotou os jovens, convocando a todos os Irmãos da Loja que os protejam e socorram em todas as circunstâncias de suas vidas. Na cerimônia de adoção os adotados foram conclamados para que na vida excitem em seus corações o amor de Deus e do Próximo, que a inteligência domine a matéria, sejam sempre dóceis, reverentes, ternos e reconhecidos para com o pai e a mãe que são na terra as divindades visíveis. Os pais ao permitirem à Loja a adoção do filho tem a certeza de que a Loja dedicará o máximo carinho fraternal para a sua instrução e direcionamento a um modo de vida totalmente responsável, livre e fraternal. Os padrinhos tem o dever de reconhecerem a honra de estarem representando a Loja e assumindo, em seus nomes, os fraternos compromissos da adoção, até a sua formação e principalmente na falta de seus pais, se ocorrer.
Assumem os padrinhos as responsabilidades: de guiar seus afilhados na senda da fraternidade; de mostrar-lhes a importância da liberdade; de exaltar a fraternidade para onde foram guiados e de dedicarem amor e cuidado com as crianças órfãs. Os padrinhos e a própria Loja devem tudo fazer para que essas crianças, esses jovens, transformem-se em verdadeiros homens, cônscios de seus deveres, responsáveis pela sua liberdade com o sentido de auto vigilância sobre os seus atos acima de tudo, alertá-los para que se tornem sabedores de todas as injunções do ser humano, mas dispostos a ultrapassá-las. É dever dos padrinhos maçons demonstrar, pela prática na vida diária, pelo exemplo de seus atos e pela vivência das virtudes teologais. Bibliografia: Ritual Especial de Adoção de Lowtons e trabalho do Irmão Edson Fernando S. Sobrinho de outubro-98 publicado no sítio www.lojasmaconicas.com.br Por Julio Tardin, Grão-Mestre do GOB-MT.

APMR expande suas atividades em países da Comunidade Lusófona

"A importância da Comunidade Lusófona é muito grande para nós", disse hoje o Secretário-Geral da APMR. Em 20 de novembro de 2011 a Secretaria-Geral da Agência de Imprensa Maçônica decidiu relançar o Jornal Maçônico (primeiro membro, com APMR, que levou à fundação do Grupo de Imprensa Maçônica , em agosto de 2009).

"Para a APMR é uma alegria para poder chegar aos nossos Irmãos que falam português". O espaço lusófono é tão grande que inclui a Europa, América do Sul, África e Ásia. Em breve, você (os Maçons de Portugal, Brasil, Cabo Verde, Angola, Moçambique, Macau, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau e Timor Leste) poderá ler as notícias da APMR em português.