Outubro 2012

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Convênio entre Grande Oriente do Brasil-RJ e Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o REAA


O GOB-RJ e o Supremo Conselho do Brasil, assinaram no dia  10 de abril de 2012, convênio de Assistência Dentária para os Irmãos, seus familiares e funcionários do GOB-RJ, que terão desconto de 40 a 50% em relação a tabela do Sindicato dos Cirurgiões Dentistas do Estado do Rio de Janeiro.


Enyr de Jesus da Costa e Silva: “Unidos pela lei, pela paz e pela luz da eterna vigilância”


Para todos nós, é evidente que a Maçonaria é uma escola de vida, uma universidade onde lapidamos a nossa pedra bruta. Mas essa escola e essa universidade não podem e não devem reduzir a participação maçônica de um Irmão a uma lista de presença. 

Sabemos por experiência própria que ninguém se torna Maçom por ser iniciado, mas foi iniciado por ter em seu espírito as qualidades necessárias para ser Maçom. 

A Maçonaria não tem fim. É um eterno começo, uma eterna iniciação. A Maçonaria é uma ascensão, não ao pódio competitivo ou ao trono temporário, mas à infinita e iluminada Escada de Jacó.

Desde os primeiros momentos de minha iniciação, sempre tive como objetivo maior unir a maçonaria e torná-la uma só potência com um só objetivo. Quando assumi como Soberano Grande Comendador do nosso Supremo Conselho do Brasil, meu primeiro objetivo foi criar o espaço ecumênico onde poderíamos receber todos os Irmãos de todas as Potências e Ritos.

O mais importante para mim será sempre tentar a união entre as Potências e os Irmãos, e isso demonstramos nas comemorações dos nossos 179 anos, onde tivemos como ponto principal a união de todos e fraternidade universal. 

Estamos trabalhando fortificando cada vez mais a nossa participação em nossas Lojas, estreitando cada vez mais os laços que nos unem como verdadeiros Irmãos. Essa é nossa meta. Essa é nossa missão. Esse é o nosso GRAAL.

Nossa revista “O GRAAL”, que tem uma periodicidade trimestral com um pequeno numero de assinantes, irá continuar com uma publicação anual, e ofereceremos a todos os irmãos gratuitamente e sem assinatura uma edição bimensal do periódico “O GRAAL Notícias”, onde os irmãos irão receber em suas Lojas todas as informações de eventos e assuntos ligados ao nosso Supremo Conselho do Brasil.

Com muito orgulho homenageamos o nosso Soberano Grão-Mestre Geral Irmão Marcos José da Silva com uma medalha de Membro Honorário, que para todos nós do Supremo Conselho do Brasil, representou o selo intocável da união, da paz e do crescimento entre o simbolismo e a filosofia.

Vivemos em um mundo onde a velocidade da informação é quase igual à da luz. E o que importa aqui, é a luz que nasce da Cultura e da Comunicação, estrela-guia e porta-voz de todos nós, que oferecerá a todos os Irmãos do nosso Brasil um mega evento nas comemorações dos nossos 180 anos, que com certeza terá um brilho maior com a participação de todos os nossos Irmãos do nosso grande Brasil e do Mundo.

Participem. É nosso dever continuar exercendo o nosso papel de eternos vigilantes da lei e de obreiros comprometidos com a união e a paz, ainda que provisória, por um motivo muito simples: fora da lei não existe nem paz duradoura e nem salvação possível. Temos que trabalhar dentro da lei e dentro da luz da permanente vigilância que ilumina nossas vidas, realiza nossos sonhos e mantém eterna a nossa missão. 


Enyr de Jesus da Costa e Silva
Soberano Grande Comendador

 

Masonic Times: APMR para debater sobre a publicação de informações confidenciais e documentos de seus arquivos


Em 31 de Outubro de 2012, o Fundador da Agência de Imprensa Maçônica pediu ao Secretário-Geral da APMR a convocar uma sessão extraordinária para debater sobre a publicação de informações confidenciais e documentos de seus arquivos que até agora permaneceu seguro dentro da APMR.



De acordo com a Cláusula Especial de Carta de Estratégia da APMR e sua Constituição, APMR pode publicar informações confidenciais e documentos de seus arquivos. SeCTI (Secretaria de Comunicações Tecnologia e Informática) informou hoje que uma declaração final sobre esta sessão extraordinária será feita em novembro ou dezembro deste ano.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

55 ANOS DO GRANDE ORIENTE DO ESTADO DE GOIÁS



Sou muito confortado pelo trânsito que tenho e pela acolhida da maçonaria goiana e brasileira, recebi a confiança dos maçons goianos que me elegeram e reelegeram em chapa única para o cargo de Grão Mestre Estadual. Sinto-me como cantado na música “Acácia Amarela”, que descreve uma Loja Maçônica, na inesquecível voz do maçom Luiz Gonzaga: “Aquela casa direita, onde me sinto tão bem. Sou um feliz operário”.



O vocábulo “maçonaria” vem do francês “maçonnerie”, que significa “construção”, “alvenaria”, “pedreira”. O termo “maçom” provem do inglês “mason” e do francês “maçon”, que quer dizer “pedreiro” e do alemão “metz”, significando “cortador de pedra”. O termo “maçom”, portanto, é aportuguesamento do francês, desdobrando-se em “maçonaria”, que significa “associação de pedreiros”.

Tornei-me “pedreiro” em 1978, na potência goiana Grande Oriente do Estado de Goiás, fundada em 26 de outubro de 1957, portanto, com 55 anos de existência, hoje tendo a ela jurisdicionadas 131 Lojas Maçônicas. Desde 1835, com a Loja “Azilo da Razão”, da Cidade de Goiás, à Loja “União Belavistense”, de Bela Vista de Goiás, recentemente oficializada. São cerca de 5 mil membros, que somados às mulheres das Fraternidades Femininas e aos jovens das Ordens Paramaçônicas, Ação Paramaçônica Juvenil, Filhas de Jó e Ordem DeMolay, ultrapassam 10 mil integrantes.

Constantemente comprometidos com causas sociais, filantrópicas e de aperfeiçoamento moral, intelectual dos seus componentes. Esforçam-se com fervor no cumprimento do dever. Condenam a exploração do homem e os privilégios. O posicionamento é de a corrupção, uso de drogas, violência e insegurança desenfreadas, imoralidade corrompendo a família e desvios políticos que mancham a nação brasileira.

O Grande Oriente do Brasil, maior potência maçônica da América Latina, fundado em 17 de junho de 1822, tem a ele federado os Grandes Orientes Estaduais, aos quais estão jurisdicionadas as Lojas Maçônicas.

Oriente é o lado do horizonte em que o sol aparece quando nasce. É o nascente, ponto cardeal onde surge o sol todas as manhãs. Oriente é, pois, o local onde as trevas da noite são primeiro vencidas pela luz do Astro Rei. Fazendo uma interpretação maçônica, o Grande Oriente é nascedouro de, tolerância, humildade e o principal entre os maçons, fraternidade.

O Grande Oriente do Estado de Goiás, fundado em 26 de outubro de 1957, tem um histórico anterior a esta data, conforme artigo do maçom e jornalista Irorê Gomes, filho de Pedro Gomes, que dá nome a um dos maiores colégios de Goiânia. O artigo intitulado “Fato Pouco Conhecido da Fundação do GOEG” foi publicado no Jornal Voz do Oriente, n° 26, de março/abril de 2000, na página 10 e relata:

“Traz à tona um desses fatos, fazendo justiça a quem dele participou. Fato inserido na cronologia dos primórdios da fundação do GOEG, quando se dava o 1° Congresso Maçônico, em Goiânia”.

“A mais remota informação sobre a origem do Grande Oriente do Estado de Goiás, em documento é encontrada no Livro n° 1 de Atas das Sessões Especiais da Loja Maçônica “Liberdade e União”, de Goiânia. Registrado está que, em sessão aberta às 15 horas, de 10 de novembro de 1946, compareceram pelo menos 127 maçons. Raimundo José Basílio, da Loja “União e Concórdia”, de Urutaí, como um de seus representantes no 1° Congresso Maçônico em Goiânia, que então se iniciava, propôs ficasse definitivamente assentada a criação do Grande Oriente Estadual, como órgão orientador da Maçonaria Goiana”.

”O Conclave foi aberto por João de Paula Teixeira Filho, da Loja “Liberdade e União”, tendo como secretários, Carlos Machado de Araújo, Joviano Rosa e Antônio Ferreira Pacheco. Convidado Alexandre Gabriel, Venerável da Loja “Ordem e Progresso”, assumiu a presidência”.

Registro que em 1946, representando as delegações, assinaram o documento os maçons Nazareno Fernandini, Maximiano de Souza Dias, João Pedatela, João de Macedo Menezes, João Craveiro de Sá, Mamede Calil, Francisco Rodrigues do Carmo, Moisés Costa, Guiomar Quinta, Divino José de Oliveira, Antônio Jorge Azzi, Geremias Martins, Edmundo Henrique Goulart Gonzaga, Luiz Guedes Santana, Iasser Calixto, Antônio Carneiro, Manoel Marçal, João de Faria, Antônio Abrão Guerra, Rosio Espoto, Raimundo José Basílio, Ezequiel Dantas, Orlando Pinheiro da Silva, Adalberto Pereira da Silva, Abílio da Silva Coelho, Dirceu Torres e Valdemar Bitencourt.

Raimundo José Basílio da Loja Maçônica União e Concórdia, fundada em 11 de junho de 1935, era homem simples, do interior do estado, sem nenhum título acadêmico. Na sessão extraordinária, em salão ocupado por mais de 120 pessoas, onde pontificavam maçons de reconhecido cabedal intelectual, não titubeou e teve coragem suficiente para ser o primeiro a lançar a histórica proposta da fundação do Grande Oriente do Estado de Goiás. De imediato entendida, recebeu apoio de Waltrudes Cunha Barbosa, Abrão Procópio Rabelo, Edmundo Pinheiro de Abreu, Antônio Jorge Azzi, Iasser Calixto, Luiz Guedes Santana e Joaquim Filho. Nesta data foi aprovada a tese de fundação e uma comissão para tratar dos assuntos sequenciais. 

“Esses os primeiros passos da marcha para a fundação do Grande Oriente do Estado de Goiás, hoje importante órgão da maçonaria brasileira. Teve início com a histórica e ousada proposta de Raimundo José Basílio, no princípio da tarde de 10 de novembro de 1946”. Ratificado e oficializado, onze anos depois, no dia 26 de outubro de 1957, conforme ata de sessão de outro Congresso, realizado no templo da Loja Maçônica “Liberdade e União”, assinada por maçons representativos e dos mais distantes pontos do estado de Goiás.

Nasseri Gabriel, José Cândido da Silva, Vivaldo Borges Campos, João de Macedo Menezes, Mário Gomes Pereira da Silva, Antônio Felix de Moura, Odorico Nery, Geraldo Ferreira Neto, Silvio Oppa, José Eustáquio Nascimento, Calil Musse, Joaquim Alves de Moura, Agenor Diamantino, Affonso Rodrigues do Carmo, Alexis Daher, Domingos G. Cabral, Nagib Daher, João Moreira Marques, Edmundo Pinheiro de Abreu, Elias Gomes de Oliveira Filho, Francisco Durval Veiga, Claudimiro Quirezzi, Omar Tavares da Silveira, Francisco Cândido de Oliveira, Clarindo José Teixeira, Afonso Rocha, Zaglul Daher, Joaquim Santana Filho, José Ely Otoni Pimenta, João Ferreira Machado, Crisólito Cecílio Nunes, Levino Albino de Faria, José de Melo Silva, José D. Galvão, João Pierobom, Joaquim Brandão Ferreira, Clodoveu Alves de Castro, J. Nicolau, Pedro Celestino da Silva Filho, Rubens Carneiro dos Santos, E. Carramaschi, Waltrudes Cunha, José Coelho de Oliveira, Garibaldi Rizzo de Castro, João Abrão Sobrinho.

Foram eleitos para o Grão Mestrado Estadual: Narreri Gabriel (1957 – 1963), Aryovaldo Tahan (1963 – 1966), Ascendino Celestino da Silva (1966 – 1969), Gumercindo Inácio Ferreira (1969 – 1972), Rubens Carneiro dos Santos (1972 – 1975), Jair Assis Ribeiro (1975 – 1979), Eurípedes Barsanulfo Junqueira (1979 – 1983), Chafic Gabriel (1983 – 1987 / 1991 – 1995), Ovídio Inácio Ferreira (1987 – 1990), João Mendonça Filho (1990 – 1991), José Ricardo Roquette (1995 – 1999), Alcides Luiz de Siqueira (1999 – 2003), Oclécio Pereira de Freitas (2003 – 2007) e Eurípedes Barbosa Nunes (2007 – 2011/ 2011 – 2015, eleito e reeleito).

Parabéns. É uma instituição presente na história do nosso estado. 




quinta-feira, 25 de outubro de 2012

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Grande Oriente do Brasil: FAB Homenageia Irmãos com a Medalha Ordem do Mérito Aeronáutico


Ocorreu na manhã do dia 23 de outubro de 2012, na Base Aérea de Brasília, uma solenidade que foi presidida pelo Ministro da Defesa Celso Amorim; na ocasião, representou a Presidente Dilma Rousseff e o Cmt da FAB Brigadeiro Saito.



Durante a solenidade receberam a Medalha Ordem do Mérito Aeronáutico, no Grau de Oficial os Irmãos Cyrino Neves - loja Luz do Planalto Central nº 3784 - oriente de Brasília - DF e o Carlos Rattmann, Loja José Bueno Mendes nº 3187, oriente de Curitiba - PR.

O Eminente Irmão José Eduardo de Miranda, Secretário Geral de Relações Públicas esteve presente nesta sessão e representou o Soberano Irmão Marcos José da Silva que por motivos de assuntos previamente agendados não pode comparecer a este evento.

Também compareceram ao evento os Irmãos Brig. Ar Ballatorre, Ten. Cel. Kull, 1º Tenente Galindo, Melges – G:.L:. do Oriente do Mato Grosso, Airton e o Venerável Mestre Gilberto da LPC – 3784, informa a Secretaria Geral de Comunicação e Informática.


Agência de Imprensa Maçônica da Romênia: As redes sociais devem ser sempre consideradas um meio de comunicação com a sociedade.


Como parte da 23ª Conferência de Grandes Secretários e Chanceleres da Europa, um evento que foi organizado este ano pela Grande Loja da Escócia, foi discutido o surgimento das novas redes sociais como o Facebook, Twitter e YouTube e como usar as redes para se comunicar com a sociedade. A conclusão geral foi de que as redes sociais devem ser sempre consideradas um meio de comunicação com a sociedade.

Segundo a Agência de Imprensa Maçônica da Romênia, a próxima conferência terá lugar em Roma em 2013, sob os auspícios do Grande Oriente da Itália, e em 2014 será organizado pela Grande Loja Unida da Inglaterra.


Agência de Imprensa Maçônica da Romênia: Centenário da Grande Loja das Filipinas


Segundo a Agência de Imprensa Maçônica da Romênia, o canal de televisão TV5 anunciou durante um show o centenário da Grande Loja das Filipinas. No show foram convidados vários membros da Grande Loja, para falar sobre os eventos que acontecerão para marcar este importante evento maçônico no país.


8° Fórum de Grão-Mestres da Região Norte | Carta de Manaus mostra a posição da Maçonaria sobre o que é melhor para a Amazônia brasileira



Durante o 8° Fórum de Grão-Mestres da Região Norte, realizado entre os dias 21 e 23 de setembro passado, em Manaus (AM, as Grandes Lojas do Norte brasileiro e a Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil reafirmaram o compromisso de cada vez mais ampliar, especificamente, suas ações maçônicas sociais, segundo os ditames da evolução. Mais do que isso, o evento buscou conscientizar os maçons, no sentido do respeito e da boa relação entre os seus direitos e deveres, tempo em que se mostra como vigilante para que tal relacionamento assim se mantenha.




Assinada pelos Grão-Mestres Átila Atala Tuma, do Amazonas, e Francisco de Sousa Chaves, do Acre, a “CARTA DE MANAUS” conclama o povo da Amazônia a lutar pela preservação ambiental, com o objetivo da sustentabilidade e bem-estar social do povo amazônico, mantendo o homem como a principal variável dessa equação. O documento busca ainda sensibilizar o poder público quanto à necessidade de infra-estrutura rodoviária e fluvial, adequada ao pleno desenvolvimento da região.

A “CARTA DE MANAUS” elogia a postura do Supremo Tribunal Federal (STF), no julgamento do processo do “Mensalão”, e exalta ainda o trabalho e a presença das Forças Armadas no que tange à manutenção da soberania da Amazônia brasileira. Assinam, ainda, o documento os Grão-Mestres José Odair da Fonseca Benjamin (AP), Juscelino Moraes do Amaral (RO), Jair de Alcântara Paniago (TO), Jair Tércio Cunha Costa (BA), José Nazareno Nogueira Lima (PA), Lindemberg Melo da Silva (RR), Ladislau Azevedo (DF), Etevaldo Barcelos Fontenele (CE), João Carlos Silveira e René Levy Aguiar.


Comissão da CMSB 2013 se reune com o Governador André Puccinelli



Campo Grande (MS) – Campo Grande será sede da 42ª Assembleia Nacional da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil em 2013 (XLII CMSB). Representantes da Grande Loja Maçônica do Estado de Mato Grosso do Sul, que está trabalhando na organização do evento, foram recebidos em audiência hoje (19) pelo governador André Puccinelli e apresentaram a ele convite para participação institucional no encontro. O evento acontecerá de 5 a 9 de julho do próximo ano. De acordo com o grão mestre Jordão Abreu da Silva Junior, tradicionalmente os governadores dos estados que abrigam a assembleia têm espaço para fazer aos participantes uma apresentação a respeito do estado, incluindo ações públicas para o desenvolvimento. “Receberemos participantes do Brasil todo e seremos por um ano a capital maçônica do Brasil”, explicou Silva Junior.




A expectativa de público leva em conta que na assembleia anterior, em Sergipe, mais de 1.600 representantes de fora daquele estado estiveram presentes. A edição de 2012 acontecerá no mês que vem, em Rio Branco, capital do Acre, e a ordem maçônica em Mato Grosso do Sul pretende fazer na ocasião a divulgação para o evento do ano seguinte, em Campo Grande. “Vamos lançar a abertura dos preparativos”, informou o grão mestre. Além de um chamado aos participantes para a assembleia de 2013, os organizadores convidaram André Puccinelli para a abertura oficial e ofereceram a oportunidade de uma palestra proferida pelo chefe do Executivo Estadual, tratando de temas como as perspectivas para Mato Grosso do Sul e os avanços no desenvolvimento. Além do grão-mestre Jordão Abreu da Silva Junior, participaram da audiência com o governador o presidente da Comissão Organizadora da XLII CMSB, Hugo de Oliveira, e Waldeci Alves Batista, também membro da Comissão.


GLEMS recebe visita técnica da CMSB



No início do mês de setembro, a Grande Loja Maçônica de Mato Grosso do Sul recebeu integrantes da CMSB de Brasília para uma avaliação técnica em decorrência dos preparativos da XLII Assembleia da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil que ocorrerá no próximo ano em Campo Grande.



O Grão-Mestre Jordão Abreu da Silva Júnior, juntamente com os membros da organização da CMSB de MS receberam instruções e um manual de realização do evento,  que deve ser seguido para que tudo ocorra perfeitamente e satisfaça as expectativas dos participantes do evento.

De acordo com o Presidente da organização da CMSB de MS , Ir. Hugo de Oliveira, os Irmãos de Brasilia saíram satisfeitos como os preparativos e a organização do próximo evento.  Os integrantes da visita técnica da CMSB de Brasília foram os Irmãos: Glauco Gomes de Almeida, Vanderley Freitas Valente e José Leopoldo Silva Neto. Na ocasião, os integrantes visitaram o salão festas Golden Class, o Centro de Convenções e provaram da culinária sul-matogrossense.


Boletim da CMSB


Com lançamento previsto para novembro de 2012, irá reunir as principais notícias sobre a CMSB e as 27 Grandes Lojas confederadas.


Maçonaria: Feliz Aniversário Goiânia!


Antes da chegada dos europeus ao continente americano, a porção central do Brasil era ocupada por indígenas do tronco linguístico macro-jê, como os acroás, os xacriabás, os xavantes, os caiapós, os javaés, entre outros povos.

A colonização de origem europeia de Goiânia teve origem em 1735, com as primeiras propostas de mudança da capital da capitania de Goiás. O então governante da província, Marcos José de Noronha e Brito, ambicionava transferir a sede administrativa da capitania de Vila Boa para Meia Ponte. Em 1830, Miguel Lino de Morais, segundo governante da província de Goiás durante o Império do Brasil, propôs que a capital fosse transferida para a região onde hoje se localiza o estado do Tocantins, próximo ao município de Niquelândia.

Segundo ele, "a mudança da Capital para uma região mais povoada e de comércio mais fraco, é uma medida a ser tomada com urgência". Àquela altura, Vila Boa sofria com a estagnação econômica provocada pelo fim do ciclo do ouro na região, sendo incomum a construção de mais do que uma casa por ano na cidade.

A proposta de transferir a capital de Goiás permaneceu em latência até à Revolução de 1930, quando Pedro Ludovico Teixeira foi nomeado interventor federal por Getúlio Vargas. No final de 1932, Pedro Ludovico tomou as primeiras providências para que Goiânia fosse construída. A proposta de transferir a capital de Goiás, que àquela altura já durava há pelo menos 180 anos, encontrou campo fértil na política do governo federal. A decisão de Pedro Ludovico estava em consonância com a Marcha para o Oeste, política desenvolvida pelo governo Vargas para acelerar o desenvolvimento e incentivar a ocupação do Centro-Oeste brasileiro. O sucesso da Marcha dependia da implantação de uma infraestrutura básica que possibilitasse a migração de pessoas do Sul e do Sudeste; assim sendo, Pedro Ludovico promoveu, além da mudança da capital, a construção de rodovias e uma reforma agrária.

Em Goiânia funcionam o Grande Oriente do Estado de Goiás (Grande Oriente do Brasil) e a Grande Loja Maconica do Estado de Goiás (Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil).


GRÃO MESTRE DO EMITE CERTIFICADO HISTÓRICO


O Grão Mestre Barbosa Nunes iniciou a emissão de “Certificados Históricos”, que serão entregues a todos os Irmãos componentes dos Poderes Executivo, Judiciário, Legislativo, incluindo os Deputados Federais da Bancada Goiana e aos Veneráveis Mestres das 131 Lojas, marcando a presença do Irmão como partícipe da história de 55 anos de nossa potência e 15 anos de Maçonaria a Favor da Vida – Contra as Drogas.



Ao visitar o Ilustre Conselho Estadual, na sexta feira, dia 19 de outubro, o Irmão Barbosa Nunes, em companhia do Presidente da Assembleia Estadual, Irmão Lázaro Naves, fez as primeiras entregas ao Grão Mestre Adjunto, Luis Carlos de Castro Coelho e aos Conselheiros Alexandre Guimarães Andrade, Anestor Porfírio da Silva, Antônio Rodrigues Macedo, Gilberto Marques Filho, Jeová de Souza Pimentel, João Batista Machado, José Gildo Volgarini, Otacílio Ferreira de Paiva, Tobias José Ribeiro, Rafael Novaes do Amaral e Valdivino Marra da Fonseca. Os demais, Cezário da Silva Rios, Evódio Bernardino, José Luiz do Valle Barbosa, Marconi de Faria Castro, Olavo Junqueira de Andrade, Salomão Jorge e Valter Ferro de Moraes, receberão na próxima reunião.



Na Congregação a se realizar no próximo dia 27, os Veneráveis presentes receberão o respectivo documento, que é pessoal e certifica o cargo que o Irmão está exercendo, como modelo exposto em nosso site, a seguir.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Secretário-Geral da APMR fala sobre Eurípedes Barbosa Nunes


O Secretário-Geral da APMR expressou em uma carta enviada ontem à noite, o suporte completo para o Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de Goiás, afirmando que as iniciativas de Barbosa Nunes são um exemplo para a comunidade maçônica brasileira e podem ser exportados em outros países ao redor do mundo, fazendo referência ao projeto maçônico anti-drogas. Artigo completo: Agência de Imprensa Maçônica da Romênia.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Família Maçônica Piauiense Promove IV Encontro


No dia 19/10 ocorreu a solenidade de abertura do IV Encontro da Família Maçônica Piauiense no Centro de Convenções do Sesc Praia, pelo GOB-PI. Durante o evento, houve as seguintes palestras: Piauí, perspectivas e desafios ao empreendedorismo tendo como palestrante o Irmão Dr. valdeci cavalcante (presidente do sistema Fecomércio-PI); o voluntariado como ferramenta  para o exercício da  fraternidade tendo como palestrante a professora Sônia França (Coordenadora da Rede Permanente pela Paz); Educar Para Cultura da Paz tendo como palestrante o Irmão Almir Laureano (Assessor Especial do GOB e Vice-Presidente da Conferência Nacional de Segurança Pública) e o Brasil e seus desafios internos e externos na atualidade tendo como palestrante o Irmão General Maynard Santa Rosa, informa o web oficial do GOB.




Compareceram as seguintes autoridades maçônicas: Eminentes Irmãos Sílvio Souza Cardin (Grão-Mestre do GOEB); José de Jesus Bíllio Mendes (Grão-Mestre do GOB-MA), Amintas de Araujo Xavier (Grão-Mestre do GOB-MG), Raimundo Farias (Grão-Mestre do GOB-PA); o Eminente João Guimarães (representante do Grão-Mestre Geral GOB); o Presidente da S:.A:.F:.L:. Sapientíssimo Arnaldo Soter Braga Cardoso; o Ministro Presidente do S:.T:.F:.M:. Sapientíssimo Irmão Dorival Lourenço da Cunha; o Grande Primaz do Rito Brasileiro, Soberano Irmão Nei Inocêncio dos Santos; o Soberano Ir:. Antônio Carlos Barbosa Ramos (representante do Grande Comendador do R:.E:.A:.A:. Soberano Irmão Enyr de Jesus da Costa e Silva, Soberanos IIr:. Ailton Cal de Brito, Jarice Braga; o  Sec:. Geral de Comunicação e Informática adjunto, Poderoso Irmão Fernando Colacioppo; o Sec:. Geral de Ritualística do Rito Brasileiro adjunto, Poderoso Irmão Júlio César da Costa e as Presidentes da Fraternidade Feminina Cruzeiro do Sul Estadual Elvira Maria Aguiar Mendes (MA) e a Lucia Coelho Correa (BA).

Vanderlei Bagnato Torna-se Membro da Academia Pontifícia das Ciências do Vaticano


Segundo a Secretaria Geral de Comunicação e Informática do GOB, o professor e pesquisador de São Carlos, Vanderlei Bagnato, membro da A:.R:.L:.S:. Estrela da Liberdade nº 2877, oriente de São Carlos-SP, foi eleito membro da Academia Pontifícia das Ciências do Vaticano, a mais antiga do mundo.

Segundo o apurado pela reportagem, Vanderlei Bagnato que é professor da USP, encarou a eleição como uma honra e está muito feliz com a escolha de seu nome, pois esta academia é freqüentada por grandes cientistas, inclusive alguns agraciados com o Prêmio Nobel. Vanderlei Bagnato receberá das mãos do Santo Padre, o Papa Bento XVI, a insígnia de membro da academia logo na primeira semana de novembro deste ano.

A Academia Pontifícia das Ciências é de âmbito internacional, multi-racial na composição, e não-sectária na escolha dos membros. O trabalho da Academia compreende seis grandes áreas: ciência fundamental, ciência e tecnologia de problemas globais; ciência para os problemas do mundo em desenvolvimento, política científica; bioética, epistemologia.


sábado, 13 de outubro de 2012

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

PROJETO PILOTO DE CERTIFICAÇÃO CADASTRAL ON-LINE DO GOB



O Grão Mestre do Grande Oriente do Estado de Goiás, Irmão Barbosa Nunes, em sua sala de trabalho, ao lado de vários Irmãos, entre eles o Presidente da Assembleia Estadual, Presidente do Tribunal Eleitoral, Secretários Estaduais, Deputados Estadual e Federal, Assessores do GOEG e vários Irmãos das Lojas que se reúnem às segundas feiras, teve o prazer de receber as primeiras explicações sobre a certificação cadastral on line, caixa postal oficial das Lojas no GOB e informativo digital.




A reunião aconteceu na noite do dia 8 de outubro, segunda feira, entre 19 e 22 horas, quando o Secretário Geral de Gabinete do GOB, João Francisco Guimarães, Secretário Geral de Administração, Ronaldo Fidalgo Junqueira e o Técnico em Informática, Wellignton Prazeres, fizeram as devidas explicações, sobre a disponibilização para as Lojas de uma caixa postal eletrônica, que passará a ser exclusiva da Oficina para recebimento de informações do GOB e entidades vinculadas.

Foi realizada experiência, projeto piloto da certificação digital, que é a expedição de carteiras de identificação do maçom, em caráter nacional e permanente, quando para os Irmãos presentes foram emitidas carteiras ilustrativas, porem com a demonstração de funcionamento do sistema on line, havendo vários questionamentos dos Irmãos presentes, tendo o Grão Mestre Barbosa Nunes, já definido que a coordenação estadual de implantação será exercida pelo Irmão Abel Tolentino de Oliveira Junior e a coordenação adjunta, pelo Irmão Valdivino de Carvalho.

Os Grão Mestres Estaduais de todo o Brasil, foram convocados pelo Soberano Grão Mestre Marcos José da Silva, a estarem presentes em Brasília no dia 16 próximo, quando será realizado o lançamento nacional do trabalho, que teve como primeiro passo experimental, o projeto piloto em Goiás. 

O Grande Oriente do Brasil disponibilizou toda estrutura e apoio para que os Veneráveis Mestres, por ocasião da Congregação Maçônica, a se realizar no próximo dia 27 de outubro, recebam todas as orientações necessárias para a certificação dos obreiros de suas Lojas, pelo que o Irmão Barbosa Nunes não só agradece o Grão Mestre Geral Marcos José da Silva, como se empenha com todos os Veneráveis para que estejam presentes nesta primeira certificação, quando logo após em data a ser marcada, os coordenadores estadual e adjunto, ministrarão um seminário com representantes de cada Loja.


segunda-feira, 8 de outubro de 2012

MANIFESTO DA MAÇONARIA GOIANA


O Secretário Estadual de Comunicação e Informática do Grande Oriente do Estado de Goiás, Abel Tolentino de Oliveira Junior, informa que os Grão-Mestres do Grande Oriente do Estado de Goias - GOEG e Grande Loja Maçônica do Estado de Goiás - GLEG, Eurípedes Barbosa Nunes e Ruy Rocha de Macedo, assinaram documento dirigido a comunidade goiana intitulado "MANIFESTO DA MAÇONARIA GOIANA", publicado neste sábado, dia 06 de outubro, nos jornais diários goianos, O POPULAR (pagina 04) e DIARIO DA MANHÃ (pagina 09).



MANIFESTO DA MAÇONARIA GOIANA


O índice de criminalidade registra aumento altamente progressivo e alarmante, colocando a população como refém da criminalidade, gerando forte e real impunidade.

A Maçonaria Goiana sempre foi presente e combativa, especialmente nos últimos tempos em que a corrupção se alastrou, atingindo os mais diversos setores da nação. Em consequência acontece neste momento um julgamento histórico pelo Supremo Tribunal Federal, cujo resultado esperam os maçons, seja um marco de mudança no comportamento daqueles que tem responsabilidade na direção dos setores públicos em seus poderes e nas mais diversas entidades privadas.

A Maçonaria Goiana apoia total e irrestritamente o Supremo Tribunal Federal, Polícias Federal e Estadual, Ministério Público e Procuradoria da República, nos processos de fiscalização, investigação e julgamento dos atos lesivos à sociedade. Os envolvidos no chamado "Escândalo do Mensalão", devem ser tratados como reus praticantes de crimes de corrupção e julgados ao rigor da lei. Entendemos que a corrupção causa o rompimento da segurança. No Brasil criminalidade e corrupção andam de mãos dadas.

O momento não foge à regra. Possuímos altas taxas de crimes, como homicídios e roubos, o que nos inclui na lista dos vinte países mais violentos do mundo. A miséria impele ao roubo e à prostituição, portanto num "lar que não há pão não há razão" e menos ainda escrúpulos.

Precisamos reagir contra o aumento da violência e a morte de pessoas inocentes, tratando com mais rigor a quem comete os delitos e punindo seus praticantes.

Em cruzada nacional pela ética na política, sempre levamos e agora muito mais, o assunto para o interior dos nossos Templos, fazendo posicionamento de que os maçons devem constantemente estarem com ações práticas e incisivas em suas áreas de influência, com o grito de alerta: "Basta de violência e corrupção"!

Estamos engajados sinceramente e comprometidos com aqueles que acreditam na mudança do tempo atual, para um tempo mais honesto e justo.

É preciso uma mudança de mentalidade, em que as pessoas não aceitem passivamente a violência, e realmente lutem contra ela. Como sempre se comportou em todos os momentos decisivos de nossa nação, a Maçonaria Goiana se une mais uma vez à sociedade na busca pela construção de uma nova consciência, para assim, verdadeiramente atingirmos o objetivo comum que é viver em um mundo melhor para nós e as gerações futuras.


Grande Loja Districtual de Gana ajuda a renovar o liceu local


Segundo a  Agência de Imprensa Maçônica da Romênia, a Grande Loja Districtual de Gana (jurisdição da UGLE) ajudou a renovar o liceu local. O Irmão William Husunukpe disse à imprensa local que a filantropia é um dos objectivos da Maçonaria. Além disso, outras doações foram feitas pelo Instituto Católico Vocacional.


quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Um novo Supremo Conselho foi criado em Portugal


Em 29 de Setembro de 2012, teve lugar a cerimônia de consagração de um novo Supremo Conselho em Portugal. Mario Parra da Silva foi instalado Soberano Grande Comendador, e ele vai liderar o primeiro Supremo Conselho Misto em Portugal.



A Carta Patente foi emitida pelo Irmão Roberto Luongo, Soberano Grande Comandador do Supremo Conselho Supremo C.A.M.E.A. da Itália, depois de um longo processo que começou em 2004. De acordo com o comunicado de imprensa emitido este evento teve o apoio de outros Supremo Conselhos da Europa. A cerimónia teve lugar em Lisboa, no Grande Templo da GLTP, com a presença de outros dignitários da Maçonaria Universal. É o primeiro Supremo Conselho do REAA integrado por homens e mulheres em Portugal

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

.

.