Enyr de Jesus da Costa e Silva: “Unidos pela lei, pela paz e pela luz da eterna vigilância”

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Enyr de Jesus da Costa e Silva: “Unidos pela lei, pela paz e pela luz da eterna vigilância”


Para todos nós, é evidente que a Maçonaria é uma escola de vida, uma universidade onde lapidamos a nossa pedra bruta. Mas essa escola e essa universidade não podem e não devem reduzir a participação maçônica de um Irmão a uma lista de presença. 

Sabemos por experiência própria que ninguém se torna Maçom por ser iniciado, mas foi iniciado por ter em seu espírito as qualidades necessárias para ser Maçom. 

A Maçonaria não tem fim. É um eterno começo, uma eterna iniciação. A Maçonaria é uma ascensão, não ao pódio competitivo ou ao trono temporário, mas à infinita e iluminada Escada de Jacó.

Desde os primeiros momentos de minha iniciação, sempre tive como objetivo maior unir a maçonaria e torná-la uma só potência com um só objetivo. Quando assumi como Soberano Grande Comendador do nosso Supremo Conselho do Brasil, meu primeiro objetivo foi criar o espaço ecumênico onde poderíamos receber todos os Irmãos de todas as Potências e Ritos.

O mais importante para mim será sempre tentar a união entre as Potências e os Irmãos, e isso demonstramos nas comemorações dos nossos 179 anos, onde tivemos como ponto principal a união de todos e fraternidade universal. 

Estamos trabalhando fortificando cada vez mais a nossa participação em nossas Lojas, estreitando cada vez mais os laços que nos unem como verdadeiros Irmãos. Essa é nossa meta. Essa é nossa missão. Esse é o nosso GRAAL.

Nossa revista “O GRAAL”, que tem uma periodicidade trimestral com um pequeno numero de assinantes, irá continuar com uma publicação anual, e ofereceremos a todos os irmãos gratuitamente e sem assinatura uma edição bimensal do periódico “O GRAAL Notícias”, onde os irmãos irão receber em suas Lojas todas as informações de eventos e assuntos ligados ao nosso Supremo Conselho do Brasil.

Com muito orgulho homenageamos o nosso Soberano Grão-Mestre Geral Irmão Marcos José da Silva com uma medalha de Membro Honorário, que para todos nós do Supremo Conselho do Brasil, representou o selo intocável da união, da paz e do crescimento entre o simbolismo e a filosofia.

Vivemos em um mundo onde a velocidade da informação é quase igual à da luz. E o que importa aqui, é a luz que nasce da Cultura e da Comunicação, estrela-guia e porta-voz de todos nós, que oferecerá a todos os Irmãos do nosso Brasil um mega evento nas comemorações dos nossos 180 anos, que com certeza terá um brilho maior com a participação de todos os nossos Irmãos do nosso grande Brasil e do Mundo.

Participem. É nosso dever continuar exercendo o nosso papel de eternos vigilantes da lei e de obreiros comprometidos com a união e a paz, ainda que provisória, por um motivo muito simples: fora da lei não existe nem paz duradoura e nem salvação possível. Temos que trabalhar dentro da lei e dentro da luz da permanente vigilância que ilumina nossas vidas, realiza nossos sonhos e mantém eterna a nossa missão. 


Enyr de Jesus da Costa e Silva
Soberano Grande Comendador

 
Você gosto?

.

.