Maio 2012

domingo, 27 de maio de 2012

LOJA ESTRELLA RIO VERDENSE RECEBE MEDALHA DO SUPREMO CONSELHO DO BRASIL DO GRAU 33


Em sessão magna especialmente convocada o Venerável Mestre Vicente Guerra Filho presidiu evento no dia 21 de maio, segunda feira, quando o Delegado Litúrgico do Rito Escocês Goiás/Tocantins e membro do Supremo Conselho para o Rito Escocês Antigo e Aceito, irmão João Luiz Torres Neto, com a ritualística extraordinariamente conduzida, fez um profundo pronunciamento e comunicou naquele momento no estandarte da Loja “Estrella Rioverdense” n° 1139, de Rio Verde, seria entronizado eternamente, a Estrela de Prata. Homenagem do Soberano Grande Comendador Enyr de Jesus da Costa e Silva, pela Oficina ter ultrapassado 75 anos de fundação.


O Delegado Litúrgico João Luiz Torres Neto abordou a visão estratégica do Rito para influenciar a sociedade, lembrando de Jair Assis Ribeiro, que o indicou para integrar o Supremo Conselho, e dirigindo-se aos Irmãos do filosofismo saudou sua alma gêmea, Fernando de Oliveira Castro, liderança que plantou o filosofismo na região, hoje Consistório e que ao final do ano será uma Delegacia Litúrgica do Sudoeste Goiano, que deverá ser instalada em janeiro de 2013.

Concluiu sua palavra afirmando: “O meu coração está em minhas mãos e o coloco no coração de todos. Neste momento por homenagem da potência filosófica, homenageou a potência Grande Oriente do Brasil – Goiás, para colocar no estandarte a Estrela de Prata, convidando o Grão Mestre Barbosa Nunes, que se fez acompanhar no momento emocionante e aplaudido, do Venerável mestre Vicente Guerra Filho e dos ex-Veneráveis presentes, Alexandre Avelino Giffone Júnior, Gerlos Alves da Silva, Fernando de Oliveira Castro e Marcelo Valles Bento.

O ato do Soberano Grande Comendador foi lido pelo Delegado Litúrgico e entregue ao Venerável Mestre Vicente Guerra Filho, pelo Irmão Fernando de Oliveira Castro.

O Grão Mestre Barbosa Nunes, Grão Mestre Adjunto Luis Carlos de Castro Coelho e o Assessor Daniel Duarte, foram convidados e acompanharam o Delegado Litúrgico, João Luiz Torres Neto. Representou a Assembleia Legislativa o Deputado Estadual da Oficina, Alexandre Giffone. Também presente o Conselheiro Estadual Alexandre Guimarães Andrade. Todos que usaram da palavra foram unânimes em reconhecer a Loja “Estrella Rioverdense” fundada por 12 Irmãos em 11 de maio de 1936, tendo participado das grandes conquistas da cidade, hoje com 200 mil habitantes e entre outras conquistas, uma das últimas, a Faculdade de Medicina, já com sua primeira turma em aulas após o vestibular, Faculdade que tem como diretor, o Irmão Venerável da Oficina, Vicente Guerra Filho.

Como ocorreu no Grau 29, o Grão Mestre Barbosa Nunes foi convidado pelo Irmão Fernando de Oliveira Castro, com o aval do Delegado Litúrgico para galgar o Grau 32 no Consistório da região de Rio Verde, ficando definida a data da sessão para o dia 9 de agosto, quinta feira.


Loja MORAL E SABEDORIA Nº 151 convida os Irmãos para prestigiar nossa Oficina em Sessão Magna


A Loja MORAL E SABEDORIA Nº 151 convida os Irmãos para prestigiar nossa Oficina em Sessão Magna que realizaremos neste domingo 27/05/2012 as 08 horas (manhã) quando será elevado ao Gr.´. de Comp.´. Mac.´. o Ir.´. Vilmar de Faria.

Fraternalmente,

Ir.´. Richardson Fernando
Venerável Mestre


Contato: (62) 8406-2718 / 3289-3206 / 3954-1212


sexta-feira, 25 de maio de 2012

IRMÃO LINDONOR RIBEIRO MINISTRARÁ CURSO EM DUBAI


Patrocinado pela Liga Árabe de Árbitros de Futebol, o Irmão Lindonor Ribeiro, da Loja Maçônica “Aurora de Goiás 1393”, de Goiânia, psicólogo, juiz de futebol e especialista no tema, comentarista de televisão, foi convidado e estará ministrando palestra em clínica de psicologia para árbitros de futebol, intitulada “Concentração Psicológica para Árbitros no Exercício da Função.”

O nosso Irmão Lindonor Ribeiro, a quem o GOEG e o Grão Mestre Barbosa Nunes, muito agradece pela sua dedicação ao Programa maçonaria Contra as Drogas – A Favor da Vida, permanecerá naquela cidade no período de 29 de maio a 4 de junho.


terça-feira, 22 de maio de 2012

Raúl Juliá Levy tenta, em conjunto com o governo mexicano, para reaver a filmagem de um documentário para ser lançado este ano


No ano passado, a BBC anunciou que, juntamente com o governo federal mexicano, Raúl Juliá Levy prepara o lançamento de um documentário que vai trazer novas informações sobre a cultura Maya. Pela primeira vez na história, o governo vai desclassificar uma série de documentos classificados por 80 anos e permitira Raul filmar em locais proibidos incluindo aos arqueólogos nacionais e internacionais.


foto: Raúl Juliá Levy

Após várias passagens filmado para o filme, foram roubados por Elizabeth Thieriot os 24 discos rígidos e depois desapareceu. Neste momento, o governo mexicano e Raul Julia Levy acusa a Eduardo Vertiz Mascareñas, Emiliano Martinez Chaparro e Eduardo Cerda. Já emitidos os mandados de detenção e acusação para Thieriot, o governo ainda não recupera os discos.

O documentário originalmente anunciado para ser lançado este ano está aguardando os filmagens. A colaboração entre Raul, o governo mexicano e o Conselho de Anciãos Maias surge em meio das descobertas notáveis ​​que tendem a mostrar um possível contato entre a cultura Maya e uma civilização muito avançada (dos quais nada se sabe). O fato de que o governo do México apoia este projecto mostra o mínimo de atenção das autoridades para uma série de eventos que estão a ter lugar em breve.


foto: Raúl Juliá Levy


"Entendemos a partir do Raul que a situação é crítica e que as autoridades federais estão se esforçando para pegar os infratores", disse o Secretário-Geral da APMR para o Jornal Maçônico (edição em romeno), acrescentando que: "Nós tentamos ser a favor das autoridades federais como Raul também esta, dado a importância arqueológica deste projeto é a desclassificação de documentos federais importantes não só para a história, mas também para a ciência. Este é no benefício de todos nós, e nosso apoio para a Raul e as autoridades federais continuarão a existir enquanto será necessário".


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Preparativos para a Assembléia Geral da Grande Loja Maçônica do Estado de Goiás


Em clima de muita descontração e alegria foi realizada ontem (20/05) a tarde nas dependências da Grande Loja Maçônica do Estado de Goiás uma reunião entre a Administração da GLEG e da Colméia da Grande Loja, com os Veneráveis Mestres, Cunhadas, Sobrinhos e representantes das Lojas da Capital.

O tema em questão foi os preparativos para a Assembléia Geral que acontece no próximo dia 2 de junho e a tradicional Festa Junina da Grande Loja. Na oportunidade estiveram presentes ainda o Sereníssimo Grão-Mestre Ruy Rocha de Macedo, a presidente da Colméia da GLEG, Cunhada Claudia Regina, o Eminente Grão-Mestre Adjunto Adolfo Ribeiro Valadares e a Cunhada Tizuko Valadares.


Artigo do Grão Mestre Barbosa Nunes | MAÇONARIA NÃO É PODER, MAÇONARIA É SERVIR


Servir é trabalhar como servo de uma justa e boa causa em favor da humanidade. É ser útil, prestar serviço voluntário. No sentido material da palavra poder é mandar, dominar e na definição sociológica poder é habilidade de impor a sua vontade sobre os outros, mesmo se estes resistirem de alguma maneira, maçonaria não é poder.

O maçom não deve praticá-lo e ao contrário, rejeita-lo.

Milenar como é, a maçonaria está presente em todos os países do mundo, permitida ou não, em democracias e governos totalitários, sempre atuando socialmente.

Valho-me da Loja Maçônica “São Paulo” 43, para identificar homens que fizeram da virtude, sua principal causa de vida, tornando-se merecedores da gratidão e reconhecimento por tudo o que realizaram em prol da humanidade. São milhares. Muitos anonimamente, outros desconhecidos e centenas cravados nas histórias de seus países, das quais retiro alguns poucos nomes, sintetizando suas lutas e conquistas.

Na África do Sul, o símbolo da libertação e da luta contra “apartheid”, Nelson Mandela. Na Alemanha, Beethoven, um dos mais célebres compositores clássicos, Pestallozzi, fundador da moderna pedagogia. Ludwig Mendelssohn, gênio criador de sonatas, concertos e sinfonias, Thomas Mann, premio Nobel de Literatura de 1929, Bach, compositor da era clássica, Johann Wolfgang von Goethe, autor do poema dramático “Fausto”, considerado uma das maiores obras literárias. É o maior poeta da Alemanha.

Na Argentina, José de San Martin, libertador de Argentina, Chile e Peru; José Ingenieros, autor de numerosos trabalhos no campo da psiquiatria e criminologia.

Na Áustria, o gênio da música clássica, maior de todos os compositores clássicos, Wolf Gang Amadeus Mozart, Schuber, gênio imortal dos grandes clássicos. Na Bélgica, Lafontaine, defensor dos direitos humanos e prêmio Nobel da Paz de 1913.

No Brasil a lista é imensa, pois os maçons estão presentes em toda a história do país, em movimentos regionais e nacionais, como Inconfidência Mineira, Libertação dos Escravos, Proclamação da República, movimentos políticos em favor da democracia, fundação de Brasília, centenas de obras sociais, defesa do meio ambiente, prevenção ao uso de drogas e sobretudo, neste momento, posição nítida com o movimento “A Favor da Moralidade – Contra a Corrupção”.

Precisaríamos de inúmeros artigos para destacar a importância dos maçons brasileiros. Alguns como padre Diogo Feijó, jornalista Menotti Del Picchia, político pernambucano Saldanha Marinho, Antônio Carlos Gomes, autor da Opera “O Guarani”, músico Luiz Gonzaga, Joaquim Gonçalves Ledo, figura principal da Independência do Brasil, presidente Deodoro da Fonseca, Francisco Jê de Acayaba Montezuma, um dos fundadores do Instituto da Ordem dos Advogados Brasileiros e fundador do Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito, Visconde de Taunay, membro fundador da Academia Brasileira de Letras, Hypólito da Costa, fundador do primeiro órgão da imprensa brasileira, Correio Brasiliense.

Jornalista e orador sacro Cônego Januário da Cunha Barbosa, artista circense “Carequinha”, que alegrou pais e crianças pelo Brasil inteiro, militar e estadista Duque de Caxias, Bento Gonçalves da Silva, comandante da Revolução Farroupilha, Evaristo da Veiga, autor da letra do Hino da Independência, José do Patrocínio, Evaristo de Moraes, Senador Vergueiro, ator e teatrólogo João Caetano dos Santos, poetas Tomás Antonio Gonzaga, Casimiro de Abreu e Castro Alves, Benjamin Constant, a quem se deve a adoção da divisa “Ordem e Progresso”, na bandeira brasileira, patriarca da Independência José Bonifácio de Andrada e Silva.

Criador da União dos Escoteiros do Brasil, Benjamin de Almeida Sodré, historiador Rocha Pombo. Fundador do Instituto Butantã, Fernando Prestes de Albuquerque, Senador Ubaldino do Amaral Fontoura, entre outras figuras tão importantes quanto estas.

Na Inglaterra, Alexander Fleming, Shakespeare, Rudyard Kipling, ator Michael Caine, compositor Sullivan, Arthur Conan Doyle, criador do mais famoso detetive da história, Sherlock Holmes e Peter Sellers, genial ator cômico e de sua filmografia podemos citar “A pantera cor de rosa”, entre outros. No Canadá, uma carreira e uma missão de determinação e tenacidade, instituindo o voto para população indígena, John George Diefenbaker. No Chile, Bernardo O’Higgins e Salvador Allende. Em Cuba, José Julián Marti Y Perez, patriota e mártir. No Egito, o fundador da Universidade do Cairo em 1906, Ahmed Fuad Pasha. Na Escócia, o ministro da Igreja Presbiteriana, James Anderson. Na Espanha, o filósofo José Ortega y Gasset; nos Estados Unidos George Washington, Benjamin Franklin, Roosevelt, Louis Armstrong, King Camp Gillett, este inventor da lâmina de barbear, Martin Luther King, líder dos movimentos de direitos civis, Truman, Lindon Johnson.

Na França, filósofo Voltaire, químico Lavoisier, autor da famosa frase: “Na natureza nada se cria, tudo se transforma”. Frederic August Bartholdi, escultor da Estátua da Liberdade, doada aos Estados Unidos pelo governo francês, astrônomo Laplace, escritor Alexandre Dumas, Charles Richet, prêmio Nobel de Medicina em 1913 e Marios Lepage, precursor da reaproximação entre maçonaria e a Igreja.

Poderia citar outros importantes nomes de maçons históricos da Costa Rica, Dinamarca, Finlândia, Filipinas, Gana, Grécia, Guiana Francesa, Itália, Japão, Jordânia, México, Mônaco, Nicarágua, País de Gales, Rússia, Suíça, Suécia, Tunísia, Ucrânia e outros muitos. Concluo citando de Portugal, escritor Antero de Quental e jornalista Camilo Castelo Branco.

Esta é a maçonaria, que procura formar-se com homens de todas as raças, credos e nacionalidades que se reúnem com a finalidade de construírem uma sociedade humana fundada no amor fraternal, na esperança com amor à Deus, à pátria, à família e ao próximo, com tolerância, virtude e sabedoria, não lutando e nem querendo poder material, mas em missão de servir.

domingo, 20 de maio de 2012

GLEG firma convênio com a Agência Goiana do Sistema de Execução Penal, SENAI e o SINDUSCON


O convênio foi assinado pelo Sereníssimo Grão Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado de Goiás, Ruy Rocha de Macedo, pelo Presidente da Agência Goiana do Sistema Prisional, Edemundo Dias de Oliveira Filho, Hélio Pereira Vilaça, Diretor do Senai Vila Canaã e o Presidente do Sindicato da Indústria na Construção no Estado de Goiás, Justo Oliveiro D’Abreu Cordeiro.


Pelo convênio as entidades envolvidas irão realizar o Programa Recomeço, que tem como principal meta a capacitação profissional dos reeducandos e egressos do Sistema Carcerário. Uma reportagem completa sobre o assunto será publicada na próxima edição do Jornal da Grande Loja.


Mozarildo Cavalcanti destaca papel da Maçonaria na abolição dos escravos


Em pronunciamento nesta segunda-feira (14), o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) saudou os 124 anos da Abolição da Escravatura, comemorados neste domingo (13), e disse que a Maçonaria contribuiu para fazer prosperar no mundo os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, independentemente da cor da pelo e da origem social.

No Brasil Império, disse Mozarildo, a luta pela independência do país foi construída de maneira engenhosa pela Maçonaria, que também esteve envolvida de maneira muito profunda na abolição dos escravos, na figura de Eusébio de Queiroz, Bento Gonçalves, José Leite Penteado, Saldanha Marinho, José do Patrocínio e Quintino Bocaiúva, entre outros.

Mozarildo disse que muitos desses nomes, negros e mulatos, lutaram de maneira contundente, tanto na arquitetura política quanto na “luta aberta” para fazer a independência do país. O senador ressaltou ainda que, mesmo antes do fim da escravidão, foi decidido que os maçons nao poderiam ter escravos.

O senador disse ainda que os maçons negros e mulatos foram homens que se destacaram em uma sociedade antagônica a eles, pois, embora tendo nascido livres, sentiam dores intensas profundas vendo o papel destinado aos escravos.


Fonte

terça-feira, 15 de maio de 2012

Sessão Magna de Comemoração dos 190 anos do GOB



O Grande Oriente do Brasil tem a honra de convidar os irmãos, familiares e amigos para os seguintes eventos de comemoração de 190 anos de sua fundação.


15 de junho 20h

Sessão Magna de Comemoração dos 190 anos do GOB
Local: Templo Nobre-Palácio Jair Assis Ribeiro Reservada aos maçons


16 de junho 20h

Cerimônia Pública de Homenagens e Lançamento do Selo Comemorativo dos 190 anos de fundação do Grande Oriente do Brasil
Local: Salão de Eventos do GOB

MAÇOM DO GOEG GILBERTO MARQUES ASSUME PRESIDÊNCIA DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL


O Maçom e Desembargador Gilberto Marques Filho, membro do Conselho Estadual do Grande Oriente do Estado de Goiás e da Loja “João Racy”, de Guapó, assumiu solenemente na manhã de sexta feira, 11 de maio, a presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Goiás – TRE, tendo como vice o Desembargador João Waldeck. Presidirá todo o processo eleitoral a se realizar este ano no Estado de Goiás.


O auditório do TER ficou inteiramente tomado, pelas mais altas autoridades da Justiça Eleitoral, sendo na oportunidade homenageado o ex-presidente Rogério Arédio Teixeira e atual vice-presidente do Tribunal de Justiça, com a Comenda do TRE. O Desembargador Rogério Arédio Ferreira é maçom integrando o Tribunal de Justiça Maçônico do GOEG e membro da Loja “Aurora de Goiás”.

O Grão Mestre Barbosa Nunes fez-se presente, cumprimentou os Irmãos Desembargadores Gilberto Marques e Rogério Arédio, sendo muito distinguido pela gentileza do presidente empossado em se referir e agradecer aos maçons, apresentando ao auditório o Grão Mestre Barbosa Nunes, que foi aplaudido.

Vários maçons encontravam-se presentes, entre eles, Alexandre Magno de Almeida Guerra Marques, João Fagundes Filho, José Ronaldo Queiroz Santos. Registramos também a presença do diretor do Fórum de Goiânia, Juiz Átila Naves Amaral.


domingo, 6 de maio de 2012

Falecimento do Valter Martins de Toledo



Consternado informo o falecimento do Ir.'. Valter Martins de Toledo.
Companheiro fundador da Academia Paranense de Letras Maçônica,
da qual foi seu primeiro Presidente.

Hiran Luiz Zoccoli
MUSEU MAÇÔNICO PARANAENSE

quarta-feira, 2 de maio de 2012

PROGRAMAÇÃO CMSB 2012


Dia 07 (Sábado)

08h00 às 18h00 - Recepção às delegações e visitantes no aeroporto – Credenciamento

19h00 – Saída dos hotéis para a solenidade de abertura

20h00 - Solenidade de abertura – Auditório da FAAO

21h30 – Coquetel de confraternização – Praça de Alimentação da FAAO

DIA 08 (Domingo)

Grão –Mestres e Past Grão – Mestres

08h30 – Sessão Preparatória

11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão (Tarde livre) Seminário dos Secretários de Relações Exteriores

08h30 – Instalação do Seminário

11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão ( Tarde Livre) Seminários Paralelos para Maçons e Cunhadas

08h30 às 11h30 – Palestra

12h 30 - Encerramento (Tarde Livre)

Programação para todos os participantes

20h00 – Noite Rio-branquense

DIA 09 ( Segunda)

Grão –Mestres e Past Grão-Mestres

08H30 as 11h00 – Sessão Plénaria

13h00 – Término da Sessão – ( Tarde Livre) Seminários dos Secretários de Relações Exteriores

08h30 as 11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão (Tarde Livre) Seminários Paralelos para Maçons e Cunhadas

08h30 as 11h50 - Palestra

12h 30 – Enceramento (tarde Livre)

Programação para todos os participantes

20h00 – Jantar das Delegações

DIA 10 (Terça-Feira)

Grão –Mestres e Past Grão- Mestres

08h30 as 11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão ( Tarde Livre) Seminário dos Secretário de Relações Exteriores

08h30 as 11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão ( Tarde Livre) Seminários Paralelos para Maçons e Cunhadas

08h30 as 11h50 – Palestra

12h30 – Enceramento (Tarde Livre)

Programação para Grão-Mestres e esposas

20h00 – Jantar com o Governador

DIA 11 (Quarta Feira)

Grão-Mestres e Past Grão-Mestres

08h30 as 11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão (Tarde Livre) Seminários dos Secretários de Relações Exteriores

08h30 as 11h00 – Sessão Plenária

13h00 – Término da Sessão (Tarde Livre) Seminários paralelos para Maçons e Cunhadas.

08h30 as 11h50 – Palestra

12h30 – Enceramento (Tarde Livre) Programaçao para todos os participantes

20h00 – Baile de enceramento (Maison Borges)

*Diariamente as 10h30 Coffee Breack

APMR: Na França aparece uma nova Grande Loja | Congresso Nacional da Grande Loge de l'Alliance Française Maçonnique


Segundo APMR (domingo, 29 de abril de 2012): Ontem foi a cerimônia de fundação de uma nova Grande Loja em França. Se trata da Grande Loge de l'Alliance Française Maçonnique, um grupo da Grande Loja Nacional Francesa (GLNF). Ontem foi realizado o Congresso Nacional da Grande Loge de l'Alliance Française Maçonnique. A abertura oficial ocorreu às 10:00. Nas obras foram passados ​​os estatutos e regulamentos internos da nova Grande Loja, foi eleito o Grão-Mestre e outros funcionários da Grande Loja. A cerimônia de consagração da Grande Loja começou às 14:30.


.

.