José da Cruz Cardeal Policarpo, Patriarca de Lisboa, critica influência de maçons no Portugal

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

José da Cruz Cardeal Policarpo, Patriarca de Lisboa, critica influência de maçons no Portugal


Segundo DN de Portugal, O grão-mestre da Grande Loja Legal de Portugal (GLLP), José Moreno, e mais de metade dos "irmãos" da GLLP e do GOL teriam de abdicar da sua fé católica, se seguissem o pensamento do cardeal patriarca de Lisboa. D. José Policarpo reafirmou ontem que "é incompatível" a condição de maçom e católico e criticou a influência da maçonaria na política.

O também presidente da Conferência Episcopal Portuguesa pôs-se, no entanto, ao lado da grande maioria dos maçons num ponto: os políticos não devem ser obrigados a revelar a sua ligação à maçonaria.


D. José da Cruz Cardeal Policarpo é um cardeal português. Como D. José IV, é Patriarca de Lisboa desde 1998. Criado cardeal em 2001, desde essa data assume o título de Cardeal-Patriarca de Lisboa. Participou do Conclave de 2005, que elegeu Joseph Ratzinger como Papa Bento XVI, como cardeal votante. A 18 de Fevereiro de 2011, o próprio cardeal anunciou que enviou uma carta ao Papa Bento XVI, renunciando ao Patriarcado, uma vez que em 26 de Fevereiro completaria 75 anos, idade limite para o exercício da prelazia: "Ontem mesmo escrevi a carta ao Papa - está previsto no direito canónico que um bispo, quando cumpre os 75 anos, pede ao Santo Padre a resignação do seu mandato - e fico à espera da sua decisão".


Você gosto?

.

.