GRÃO-MESTRE DO G.:O.:E.:G.: CONCEDE ENTREVISTA AO INFORMATIVO SIMELGO

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

GRÃO-MESTRE DO G.:O.:E.:G.: CONCEDE ENTREVISTA AO INFORMATIVO SIMELGO


No mês janeiro de 2009, o Sindicato das Industrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Estado de Goiás, publicou no Informativo SIMELGO, edição nº 13 a entrevista concedida pelo Eminente Grão-Mestre, Irmão Barbosa Nunes, o qual destacou o trabalho social desenvolvida pela maçonaria goiana.

O SIMELGO tem em sua presidência o Irmão Orizomar Araújo de Siqueira, membro da Loja Maçônica Guimarães Natal 1946 de Goiânia GO.

Entrevista publicada:

TRABALHO SOCIAL É TÔNICA ENTRE MAÇONS

Líder da maçonaria em Goiás fala sobre a atuação social, parcerias e valores da instituição
O Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de Goiás, Eurípedes Barbosa Nunes, recebe a equipe do Informativo Simelgo para uma entrevista, na qual fala sobre a maçonaria nos dias de hoje, aborda princípios e valores da instituição, suas ações e engajamento em campanhas de cunho social e filantrópico.

Informativo Simelgo – Como tem sido a atuação da maçonaria em Goiás?

Eurípedes Barbosa Nunes - O Grande Oriente do Estado de Goiás fundado há 51 anos e federado ao Grande Oriente do Brasil – este fundado há 186 anos -, desenvolve atividades sociais por da ação de milhares de pessoas congregadas à 127 lojas goianas. Essas atividades consistem na assistência a creches e lares de idosos, distribuição de cestas básicas; campanhas pela saúde; orientação ás gestantes; entre outras. Atualmente, desenvolvemos campanhas de combate às drogas e à dengue. Recentemente, nos unimos ao Ministério Público do Estado de Goiás na campanha “O que você tem a ver com a corrupção?” Em dezembro do ano passado, juntamente com o Grande Oriente do Brasil, participamos da campanha de registro e entrega voluntária de armas, realizada pelo Ministério da Justiça, dentro da Conferência Nacional de Segurança Pública.

Quem são os parceiros do Grande Oriente do Estado de Goiás?

Temos parcerias estabelecidas com prefeituras, secretarias de saúde e educação, setores de segurança e movimentos beneficentes. Outro importante parceiro é o Simelgo, por meio de seu presidente, nosso irmão Orizomar Araújo de Siqueira, que sempre nos concedeu um espaço importante em todos os momentos de sua administração.

Que valores a maçonaria defende?

A maçonaria é uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista, que proclama a prevalência do espírito sobre a matéria e defende o aperfeiçoamento moral, intelectual e social da humanidade, por meio do cumprimento do dever e da prática desinteressada da beneficência. A instituição tem por princípio a liberdade dos indivíduos; a igualdade dos direitos e obrigações, sem distinção de religião, raça ou nacionalidade; e a fraternidade de todos os homens, já que somos todos filhos do mesmo Criador. Não consideramos o progresso senão baseado no respeito à pessoa, à justiça social e à solidariedade entre as pessoas. Temos como princípio a investigação da verdade, o exame da moral e a prática dessas virtudes.

O que a instituição condena?

Condenamos, basicamente a exploração do homem; a concessão de privilégios e regalias indevidas; a corrupção; a imoralidade; o sectarismo político, religioso ou racial; e tudo aquilo que consideramos desvios do ser humano.

O que mudou na maçonaria com os novos tempos?

No fundamento básico da prática maçônica nada mudou. Continuamos buscando nos aperfeiçoar e enriquecer nossos princípios de prevalência do espírito sobre a matéria. Naturalmente, estamos nos adequando aos novos tempos a partir do maior acesso à informação e de uma comunicação cada vez mais rápida e eficiente, que permite uma integração mais transparente da maçonaria com a sociedade. Defendemos a Amazônia, combatemos a dengue, apregoamos os malefícios das drogas, valorizamos a família. Desse modo, temos a oportunidade de mostrar aos que não conhecem o trabalho da maçonaria e combatem a instituição, a importância de nossa atuação e a solidez de nosso compromisso com a sociedade em que vivemos. Para tanto, estamos sempre ligados ao nosso Arquiteto do Universo (Deus Criador) e ao lado da sociedade sofrida, com fome, doente não só física, mas sobretudo, espiritualmente.
Você gosto?

.

.