A abertura oficial da XXII Assembléia Geral da Confederação Maçônica Interamericana

sábado, 14 de abril de 2012

A abertura oficial da XXII Assembléia Geral da Confederação Maçônica Interamericana


sexta-feira, 13 de abril de 2012

Ontem à noite foi realizada a cerimônia de abertura oficial dos trabalhos da 22ª sessão da Assembléia Geral da Confederação Maçônica Interamericana. O evento teve lugar no Templo Nobre do Grande Oriente do Brasil.

O presidium foi ocupado, entre outros, pelo Grão-Mestre Geral do GOB, Presidente da CMI, Secretário Executivo da CMI, o ex-Secretário Geral da CMSB, Grão-Mestre da Argentina etc. Em seu discurso de abertura, o Presidente da CMI lembrou que toda a América Latina e partes da Europa estão em conflito (maçônico). Ele também lembrou que a América Latina é um continente que cresce rapidamente e que diferentes países assinam tratados e acordos de cooperação. Finalmente, ele lembrou a todos os presentes que, em 14 de abril de 2012 a CMI comemora seu 65º aniversário.

Marcos José da Silva saudou todos os convidados e lembrou a singularidade da estrutura adiministrativa do GOB que consiste em o poder judiciário, executivo e legislativo e que a Obediência é única no mundo onde estes estruturas são de três poderes independentes. Ele continuou seu discurso de apresentação com os GrandesMestres Estaduais (Provinciais) e mencionou que GOB está trabalhando em seis ritos: REAA, Emulação, York (diferente daquele americano), Adonhiramita (de origem francesa), Brasileiro (praticado apenas no Brasil), Moderno (de origem francesa) e Schröder (de origem alemã).

O Secretário Executivo da CMI apresentou o relatório de actividades da CMI, falando sobre os problemas de cada zona da CMI e sobre os futuros projetos humanitários, sociais e educacionais.

Depois disso houve um jantar oferecido pelo Grande Oriente do Brasil no Palácio Maçônico, em Brasília.

Fonte: Agência de Imprensa Maçônica da Romênia


Você gosto?

.

.